©
amor também acaba, eu disse para papai. e às vezes é duro crer nisso, mas é tão tão verdade. às vezes amor passa depressa como aquela dorzinha na ponta do dedo e às vezes tende a ficar pra sempre sempre, mas isso também é raridade. eu acredito num tipo de amor passageiro que consome enquanto queima, enquanto o momento fica eternizado e as mãos ainda cedem ao mundo, ao vazio e ao tempo. amar exige tempo. amar rapidamente aquilo que não tem explicação e amar, principalmente, a lacuna que a vida vai chutando na nossa cara e a gente não percebe. amor também acaba porque acabamos como cigarros em alguma boca que se cansou de fumar a beleza do sentimento.
by Floresinexatas. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: Floresinexatas, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém que o que mais queremos é tirar esta pessoa de nossos sonhos e abraçá-la. Sonhe com aquilo que você quiser. Seja o que você quer ser, porque você possui apenas uma vida e nela só se tem uma chance de fazer aquilo que se quer. Tenha felicidade bastante para fazê-la doce. Dificuldades para fazê-la forte. Tristeza para fazê-la humana. E esperança suficiente para fazê-la feliz. As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas. Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos. A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre. E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam por suas vidas. O futuro mais brilhante é baseado num passado intensamente vivido. Você só terá sucesso na vida quando perdoar os erros e as decepções do passado. A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar duram uma eternidade. A vida não é de se brincar porque um belo dia se morre.
by Clarice Lispector   (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: ternurice, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

Sou assim mesmo, um pouco de tédio, mistério, amor, ironia, exagero, sentimental, calado, engraçado, chato, amarrado, tímido, bobo, risonho. Posso ser muita coisa, posso ser um só, posso ser tudo. Depende de quem vai estar do meu lado.
by Fabio S.  (via ofuscador)

(Fonte: , via diluir--me)

Sobre despedidas, não sei muito mais que você. Só que doem. E deixam buracos intermináveis. E cegam. E emudecem. E paralisam. E findam. Sobre despedidas, só sei o que me contaram: que deixam cicatrizes nos pés e nas mãos, que deixam a garganta seca e o sorriso travado. Sobre despedidas, eu sei de mim. E de minha mãe. E de meu pai. E da minha angústia toda, fugindo pra dentro do quarto e me trancando no escuro, detrás do guarda-roupa. Intragável, intragável, intragável: sobre despedidas, sei que não passam na garganta. Não entram na mente. Não cruzam visões de quem se recusa a ver que é o fim e não a paz, o que espera na frente de casa. É o fim, meu amor — o nosso fim.
by Circos.  (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Fonte: circos, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

O sentimento nunca é o mesmo, pode parecer igual. Mas no fundo cada amor é diferente do outro. O meu, por exemplo, é o maior de todos.
by Caio Augusto Leite. (via recontador)

(Fonte: ventodemaio, via recontador)

A vida me ensinou a dizer adeus às coisas que amo, sem tirá-las do meu coração.
by Harry Potter. (via recontador)

(Fonte: quase-human0, via recontador)